sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Ossos a mais ou Curvas a menos?

Já todos viram ou ouviram falar da nova campanha de Natal da Triumph na qual Andreia Rodrigues e Luisa Beirão são as ditas "musas" desta mesma campanha. Mas senhores da Triumph Portugal, não digo que a escolha tenha sido má. Ambas as meninas são bonitas e sedutoras, mas não acham que há ali algo exagerado no que à magreza diz respeito? Ou isso ou houve um grande empenho na parte do Photoshop, por quem editou os mupis espalhados por todo o país. Longe vão os tempos áureos em que a Triumph nos presenteava com as sedutoras curvas e o sorriso encantador de Cláudia Vieira que, sendo portuguesa aparecia assim mesmo, como um estereótipo da mulher portuguesa. Mas aqui não, esta campanha representa o estereótipo das anorécticas portuguesas. Ou então, e citando Henrique Raposo do Jornal Expresso "Os novos cartazes seriam bons para anunciar a nova temporada de "Ossos". Este tipo de publicidade é boa para o homem comum português que gosta de ver umas meninas em lingerie, mas não para a mulher comum portuguesa que não se identifica com esta magreza. Magreza não é sinónimo de beleza ou sensualidade.

2 comentários:

silvestre disse...

há tanto photoshop nestas fotos... taaaaaaaanto.

C.Cruz disse...

É que não se nota nada que estas fotografias foram manipuladas no Photoshop, nadinha mesmo....