segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Coisas Absurdas

Alguns sindicatos que representam os trabalhadores da Transportadora Aérea Portuguesa (TAP) vieram há pouco tempo pedir um reacerto dos salários, um pequeno aumento que há muito não vêem acontecer. Foi-lhes negado esse aumento pela administração da empresa sob o argumento de que não estavam reunidas as condições para que tal acontecesse. Hoje vem a público esta notícia repugnante que está a pôr os cabelos em pé a estes trabalhadores. Mas o mais chocante da notícia nem é o facto de a TAP ter comprado 42 automóveis novos, um para cada director da empresa. O mais chocante é a TAP ter 42 directores. Justifica-se este número absurdo de administradores daquela empresa?!

2 comentários:

Maldonado disse...

São as contradições típicas dum governo que ataca sempre a classe trabalhadora...
Às vezes faz-me lembrar certos países do Terceiro Mundo onde situações dessas são o prato do dia... :|

C.Cruz disse...

Maldonado:
Eu sinto que ás vezes vivo num país do Terceiro Mundo e então só me apetece é fugir.