quinta-feira, 21 de maio de 2009

31

Só se faz 31 anos uma vez na vida. E hoje esse dia chegou à minha vida. É uma data que não gosto de celebrar, é um dia como outro qualquer, que serve apenas para nos lembrar que estamos um ano mais velhos. No entanto, fazer anos faz-nos reflectir um pouco. Não é o medo de ficar velho, pois ainda me sinto um jovem, cheio de garra, energia e vontade de viver. Mas também sinto que já não tenho dezoito anos, sinto que essa fase da minha vida já passou e talvez pudesse ter sido mais bem aproveitada. No entanto, sinto o tempo a passar e a desvanecer-se, como a tinta daquela porta (na foto) que com o tempo vai ficando gasta, seca e acaba mesmo por desaparecer. Mas isto leva-me ainda mais a ter vontade de viver, de conhecer novas pessoas, novos locais, viajar, aproveitar as oportunidades que me vão surgindo, ler mais, aprender mais, saber mais. Porque o que me assusta é não ter tempo para fazer tudo aquilo que gosto, enquanto sou capaz. Tento por isso viver cada momento da minha vida com bastante intensidade, aproveitando cada segundo, mesmo que seja a descansar, pois isso também faz parte.

14 comentários:

João disse...

Parabéns ;)

Sempre ouvi dizer que é algures durante os 30's que se atinge "o auge" agora não me perguntes de quê porque isso não especificaram.
Tenta aproveitar o teu dia da melhor forma, é isso que faço nos meus aniversários. Não encares como mais um ano, é apenas mais um dia, que por acaso é o teu dia.
Até comentava o resto do post, mas os meus (quase) 23 ainda não me deram maturidade suficiente para isso... :P
Abraço!

cristina disse...

Parabéns!espero que tenhas um dia muito feliz e que se repita por muitos e longos anos!
Tb estou quase a fazer anos,vou entrar nos 30 e realmente começamos a pensar um pouco na nossa vida,no que fizemos no que deveriamos ter feito e se a soubemos aproveitar!aproveitar as oportunidades que tivemos,em tantas coisas,a idade é outra e a nossa maturidade tb!
Começamos tb a pensar se fizemos as melhoras escolhas,tens aquele sentimento de que nao fizeste as melhores escolhas?quanto as amizades eu tenho,mas enfim....Isto tudo é mesmo só para te desejar um FELIZ ANIVERSÁRIO!
bjs

zeh disse...

Feliz aniversário! :) E se achas que houve alturas no passado que podiam ter sido melhor aproveitadas... bem, o que lá vai lá vai, mas ao menos que se aprenda a lição e se comece a aproveitar ao máximo os dias de hoje :)

Yiskay disse...

Parabéns :)

e tem que ser mesmo assim... aproveitar a vida ao máximo, e assim com o passar dos anos vamos enrriquecemos os nossos aniversários com boas memórias, de forma a que a nossa vida tenha valor, e acima de tudo muito e muito sabor...

um optimo dia...

eu mesma! disse...

A vida é mesmo isso... momentos.... PARABENS... um beijinho sónia & Diogo

Pipas disse...

Parabéns! Votos de um bom dia :o)

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Parabéns... e 31 não são 71 ;)

E, sim, descansar faz parte do viver... E viver cada dia com entusiasmo e alegria, aceitando os dias em que havemos de querer morrer, tal o desãnimo, but it's the human nature.

PARABÉNS

Eu também gosto de comemorar os anos de forma muito própria: nada de festas, etc. Um dia de reflexão, uma espécie de reveillon sem amigos, um dia calmo, tranquilo, é sempre assim que vivo o dia de anos.

Ab

C.Cruz disse...

João:
Antes de mais obrigado!
Acho que essa coisa do "auge" tem a ver com o facto de nos tornarmos independentes. Por norma, quando temos trinta anos, já temos casa própria, emprego e salário e vivemos de forma independente, não necessitando mais da ajuda dos pais. Se bem que esta teoria cada vez mais se vai desvanecendo porque nos dias que correm, cada vez sai-se mais tarde de casa dos pais.
Aproveita o facto de tere ainda 23 anos e vive intensamente cada segundo da tua vida, para depois mais tarde achares que cada momento valeu sempre a pena.
Obrigado!


Cristina:
Eu não me arrependo das escolhas que fiz, mas sim das que poderia ter feito e não fiz. A vida é mesmo assim, as oportunidades surgem-nos pela frente e nem sempre nós acertamos na mais correcta.
Quanto aos amigos, os verdadeiros nunca se esquecem uns dos outros e apesar de às vezes as situações obrigarem a distâncias e vidas separadas, a amizade, se for verdadeira, não acaba por isso.
Obrigado!

Zeh:
É isso mesmo, temos de viver o presente, sem depender do passado e não pensar muito no futuro. Eu tento fazer isso, viver um dia de cada vez, aproveitando ao máximo o que de bom tem para me oferecer.
Obrigado!

Yiskay:
Nem mais, tentar viver ao máximo cada momento, por forma a tornar a vida ainda mais saborosa.
Obrigado!

Sónia:
Obrigado. Já agradeci pessoalmente no teu blog.
Beijo!

Pipas:
Obrigado!

Daniel:
Obrigado! Sim, a vida é mesmo assim, trabalha-se, descansa-se, umas vezes mais outras menos, o importante é estarmos sempre próximos da família e dos amigos e sabermos que se precisarmos, temos alguém com quem contar.
Não gosto muito de comemorar o meu aniversário, é apenas mais um dia na minha vida, mas é óbvio que não me passa ao lado e claro, faz-me pensar naquilo que já vivi e o que quero ainda fazer da minha vida.
Abraço!

Arsène Lupin disse...

http://www.youtube.com/watch?v=k4SLSlSmW74

C.Cruz disse...

Obrigado Arsène Lupin!
;)

silvestre disse...

Parabéns! Eles estavam prontos a ser dados no dia, mas ficaram guardados para apurar :-p

C.Cruz disse...

Silvestre:
Obrigado, agora muito mais apurado!
;)

Rubia disse...

ai ai ai, aqui vai a desgraçada da esquecida de serviço, sempre à nora com os prazos (e neste caso, com as datas)... parabéns telmito! q sejas mto feliz, e a felicidade afinal é bem simples: O que é essencial para a felicidade nesta vida, são
alguma coisa para fazer
alguma coisa para amar
e algo por que esperar.(foi um filosofo iglês conhecido q disse e do qual ja nao me recordo o nome... eu sou assim: recordo o fundo, não a forma :S)

C.Cruz disse...

Obrigado Rubia!!!
Gostei dessa frase desse filósofo desconhecido. Afianl, a felicidade pode ser uma coisa bastante simples, nós os humanos é que às vezes gostamos de complicar...
Beijo!