domingo, 3 de maio de 2009

A Sombra do Vento

"(...)_Não podes contar a ninguém aquilo que vais ver hoje, Daniel - advertiu o meu pai. _Nem ao teu amigo Tomás. A ninguém.
_Nem sequer à mamã? - inquiri eu a meia-voz.
O meu pai suspirou, amparado naquele sorriso triste que o perseguia como uma sombra pela vida.
_Claro que sim - respondeu, cabisbaixo. _Para ela não temos segredos. A ela podes contar tudo.(...)"

Assim começa "A Sombra do Vento", uma história de amor, com muito mistério, intriga, suspense e humor negro à mistura, daquelas que por vezes nos fazem sentir como se tivéssemos levado um soco no estômago e ficássemos alguns segundos sem conseguir respirar. Passa-se na Barcelona da primeira metade do século passado, entre a guerra civil espanhola e a 2ª Grande Guerra. Daniel Sempere descobre um dia, pela mão do seu pai, o "Cemitério dos Livros Esquecidos" e aí encontra "A Sombra do vento", livro escrito por um autor misterioso chamado Julian Carax. Estes são os ingredientes que dão início a esta fantástica história onde o leitor é convidado a acompanhar a vida de Daniel, que muitas vezes nos comove ao nos confrontar, não só com as suas desilusões, mas também com as suas alegrias.
Uma obra-prima da literatura espanhola. Para quem gosta de ler, este é um livro obrigatório. O autor deste livro é Carlos Ruiz Zafón e aqui pode saber-se mais um pouco desta incrível obra.

2 comentários:

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Bem, só este pedaço é tao apetitoso que promete. Vou ja ver ao vivo" numa feira perto de mim ;) ali no Parque Eduardo VII :)

Patrícia disse...

Este é um dos livros da minha vida. Recebi-o como prenda de aniversário em 2005 e devorei-o em três tempo. É daqueles livros que nos absorve por completo e que não queremos que acabe nunca, embora o devoremos avidamente. :)