sexta-feira, 10 de abril de 2009

Línguas-de-Gato

Desde muito novo que, pela altura da Páscoa, me lembro de em casa haver sempre Línguas-de-Gato. Também haviam as tradicionais amêndoas, mas dessas não sou tão apreciador, ainda menos desde que, em 1998, rachei um dente ao meio ao trincar uma amêndoa. Mas as Línguas-de-Gato estavam lá sempre e fizeram parte da minha infância. Não sei dizer se era uma tradição ou o que era, mas a Páscoa não era Páscoa sem a Línguazita-do-Gato. É um biscoito com um sabor muito especial e tradicional e é difícil não se gostar dele.
Há muito tempo que eu não comia Línguas-de-Gato. Hoje foi o dia, e foi bom voltar à infância.

4 comentários:

Lobinho disse...

Linguas de gato e beijinhos, lembras? aqueles docinhos com um cone de açucar às cores por cima em tamanho pequenino... :)

ele ha coisas fantasticas nao há? :)

C.Cruz disse...

Ena, os beijinhos...
Já nem me lembrava, mas é verdade, esses também lé moravam...

Lobinho disse...

:) eh eh faziam parte do pack da altura entre outras coisas... tao bom nao era? :)

cristina disse...

e que se lembra daqueles chocolates que eram uns ratinhos?ratinhos de chocolate hummm bem bom
:D